segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Kick-Ass:O Quadrinho de Super-Heróis Mais Realista Já Feito


De vez em quando surgem pequenas obras-primas nos quadrinhos. Não digo GRANDES obras como Watchmen, Preacher, Sandman ou O Cavaleiro das Trevas. Mas quadrinhos que quando terminamos de ler, nos lembramos porque continuamos a ler hqs, mesmo não sendo crianças. Kick-Ass de Mark é uma delas. Mas comecemos a contar a história desde o principio:

Há um certo tempo atrás, apareceu nos Eua uma série de quadrinhos escritas por Mark Millar(escritor da Guerra Civil e do clássico Os Supremos), chamada Kick-Ass. Era uma história da Marvel,que não tinha ligação alguma com o universo de personagens como Homem-Aranha, Wolverine, etc.Era uma história autoral(como Millar já havia feito em O Procurado). Assim, há total liberdade pro roteirista escrever. E ainda mais um roteirista de nome como Millar, são liberados vários restrições que seriam aplicadas a um iniciante. Portanto são liberados palavrões, violência e nudez. Assim,  Millar cria uma história que na minha opinião é a mais realista história de super-herói de todos os tempos.

A história parte do principio de um adolescente comum, estudante do ensino médio que resolve virar um super herói. A trama é basicamente isso. Porém, há muitos detalhes que fazem da trama única. Esse jovem pra começar não é popular e nem um atleta. Mas ao mesmo tempo, ele não é o nerd da turma que é ridicularizado por todos, nem é o cdf que vai bem em todas as provas e é um gênio da física. Dave Lizewski é um jovem normal. Sem grandes atrativos. Que gosta de ler quadrinhos, que ve pornografia no seu computador, que tem uma queda por uma garota que o odeia. Até que lhe ocorre a idéia de virar um super herói.O que pra ele é muito lógico. Afinal,como o próprio diz "Por que todos querem ser a Paris Hilton,mas ninguém quer ser o Homem-Aranha?"

Assim, o jovem compra uma roupa de mergulho verde, faz algumas flexões, pega em alguns pesos e sai ao combate ao crime. Na 1a vez que ele tenta algo, é esfaqueado e atropelado. Fica meses no hospital. Quando sai, ele possui agora chapas de ferro no corpo todo. Possui um pequeno reforço pra pancadas por assim dizer. Assim, numa outra chance pra provar seu valor, consegue livrar um cara de ser morto(apesar do cara ter sido espancado).O detalhe,é que um adolescente filma tudo com o celular e posta no youtube. E assim, o video vira um hit.


Eu só devo contar até aqui a história de Kick-Ass.Há muitas surpresas reservadas até o fim do quadrinho.Mas o que mais me chamou a atenção no quadrinho foi o quesito realidade imposto por Mark Millar a trama.Tudo em Kick-Ass é verossimil.Tudo corresponde com a vida real.Nada é bonitinho.Não é um conto de fadas aonde tudo acaba certinho.E nem é como um quadrinho convencional.

Pra ter uma noção de quão visceral é Kick-Ass, nem em Watchmen eu achei tão cru quanto aqui.Eu não quero dar spoilers em relação ao quadrinho, mas terei que mostrar do que estou falando, portanto spoilers a partir de agoraSpoiler:O maior exemplo que posso dar é o rapaz não fica com a garota que ele ama tanto no fim. Isso é um soco no estomago de qualquer um. Podem notar, em todo quadrinho de super heroi por algum motivo o heroi sempre pega a mulher que ele ama. Peter Parker por exemplo. Um garoto feio, magrelo. Que fica com uma ruiva modelo gostosa. Nunca aconteceria.
Kick-Ass mostra isso.Watchmen por melhor que seja cai no mesmo problema de realidade. O Coruja,um cara de meia idade meio gordo acaba pegando a Espectral. Uma mulher mais jovem e gostosa. Nunca que isso aconteceria meus caros.fim do spoiler

Kick-Ass ainda traz dois dos heróis mais badasses dos últimos tempos:Hit Girl e Big Daddy. Que já podem entrar ao lado de personagens como Lobo, Cassidy(Preacher), Comediante(Watchmen), Punisher(Justiceiro). Enquanto o segundo é um homem de 40 anos que possui experiência em combate, a 1a é uma menina de 12 anos. Que mata, xinga e obviamente chuta bundas(kick-ass, saca? Hahaha piada infame). Só por estes dois personagens já valeria a pena acompanhar o quadrinho.

Vale lembrar que Kick-Ass também é muito violento. É muito pesado. E não só pela violência, mas pela linguagem e pela dose de realidade. Que vai como um soco no estomago. Kick-Ass só vacila um pouco no fim,mas nada muito ruim.
O quadrinho pode ser encontrado completo encadernado em qualquer livraria por 60 reais. É barato para o nivel de qualidade do quadrinho. Mais uma vez aviso:Se você for muito purista(não gostar de um pouco de sangue, palavrões, humor negro) passe fora de Kick-Ass. Já se for alguém mais mente aberta, e for fã de super heróis, seja bem vindo.

E fica a dica:Kick-Ass terá uma continuação que em breve sairá no Brasil :-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário